O que é pH ?

pH significa potência do hidrogênio e indica se a água está agradável para pele, olhos e cabelos. A faixa ideal para a piscina é entre 7,0 e 7,4. Assim, garante a máxima eficiência do cloro livre, previne a corrosão de equipamentos e acessórios e proporciona uma água cristalina e suave para pele, olhos e cabelos. Existem muitos fatores que influenciam na mudança do pH da água da piscina, como a fonte da água, resíduos do ar, resíduos orgânicos, chuva, temperatura, produtos químicos etc. Fora do nível ideal, causa irritação nos olhos e prejudica a eficiência do tratamento.


O que é Alcalinidade Total ?

Alcalinidade Total é a medida indireta da capacidade da água em resistir a grandes variações de pH. É como uma âncora para manter o pH onde deve estar. O nível ideal na piscina é de 80 a 120 ppm. Fora desses níveis a água pode corroer e danificar os acessórios e equipamentos da piscina.


O que é cloro livre ?

Cloro livre é a medida do teor de purificação presente na água da piscina. No nível de 1 a 3 ppm na água significa uma água pura e saudável, livre de germes, além de inibir odores desagradáveis.


Quando devo trocar a areia do filtro ?

O nível e a qualidade da areia do filtro devem ser verificados a cada 12 meses. A qualidade da areia influi diretamente na qualidade da água. Dúvidas? Consulete a Silmar Piscinas!


Para que serve o pré-filtro ?

O pré-filtro serve para reter as sujeiras mais grossas (folhas, insetos etc.), impedindo, assim, a passagem dessas sujeiras para o cabeçote ou para a areia do filtro. Ele está localizado antes da bomba. É importante mantê-lo sempre limpo.


Bronzeadores / Filtro solar

Afixar cartaz para os banhistas retirarem o excesso destes produtos antes de entrar na água. Algumas marcas de filtro solar não saem na água; estas não têm problema para a piscina. O bronzeador ou filtro solar presentes na água dificultam o tratamento químico. Podem provocar incrustações e corrosões no equipamento de filtragem. Também podem provocar irritações alérgicas nos banhistas.


Nunca abandonar a piscina

É muito perigoso deixar a piscina sem tratamento por mais de um mês. A água torna-se um foco de doenças inclusive para quem não entrar nela: a dengue, por exemplo, é transmitida por um mosquito que se reproduz em águas paradas. O equipamento de filtragem pode sofrer avarias, quanto mais tempo ficar inativo. Mesmo em períodos de pouco uso, e inclusive quando a piscina tem cobertura de proteção, é preciso tratar a água e realizar filtragem.


Piscinas com revestimentos de fibra e vinil: cuidados

Dilua os produtos antes de aplica-los. Aplique os produtos com o equipamento ligado, facilitando a homogeneização. Espalhe os produtos de forma homogênea sobre toda a superfície da piscina. Usar escovas de cerdas macias, indicadas pelo fabricante da piscina. Não usar palha de aço ou esponjas ásperas.


Aparência não é tudo

A aparência, embora importante, não é a única forma de determinar se uma piscina está limpa e saudável. É preciso que esta limpeza ocorra também no nível microbiológico, de forma a não afetar a saúde de seus usuários, eliminando o risco de transmissão de infecções tais como hepatite, otite, micoses, cólera, entre outras.